Aristóteles - Holos

holos

"O todo é maior que a simples soma das suas partes."

Aristóteles

NATURO
TERAPIA

A Naturopatia ou Medicina Alternativa, como intitulada pela OMS (Organização Mundial de Saúde), é o emprego de recursos naturais com o intuito de promover o equilíbrio, manutenção e recuperação da saúde e a melhora na qualidade de vida, além de promover a reflexão sobre as causas das suas disfunções.

COMO TERAPEUTA

devo sempre levar em consideração o ser humano de uma forma completa:

pois devemos ter em mente que um problema poderá estar ligado a vários fatores.

Portanto, o tratamento será sempre elaborado de forma personalizada, sendo composto pela combinação de várias técnicas.

Hipócrates - A enfermidade

"A enfermidade é o conflito entre
a personalidade e a alma."

Hipócrates

BIOENERGIA

O ser humano é um complexo energético em si, e que está em constante interação com o próximo e com o meio ambiente.

A bioenergia é a base para avaliarmos bloqueios e sobrecargas, e também o objetivo das terapias complementares: quando temos uma energia equilibrada, teremos o almejado estado de saúde.

Podemos empregar técnicas de meditação dirigida, técnicas de defesa e captação de energia, além de outras técnicas em busca do equilíbrio energético.

METAFÍSICA

Esta é uma área que nos ajuda a compreender a origem das nossas desordens físicas, pois, na realidade, o corpo físico muitas vezes somatiza nossos conflitos, que derivam da consciência do indivíduo e da sua conduta emocional e atitude mental.

DESMISTIFICANDO

O que é a naturoterapia?

Trata-se da terapia que utiliza recursos naturais como plantas medicinais, águas, florais, cristais, pedras, entre outros. Ela visa manter o equilíbrio do ser como um todo, não tratando apenas dos sintomas físicos, mas buscando suas causas, que podem estar em outros níveis como o emocional, mental ou espiritual. É também chamada de terapia holística, alternativa ou complementar.

O que a naturoterapia pode tratar?

Você pode ter queixas que não faria a um médico tradicional: falta de energia, medo de algo específico ou infundado, diminuição da sua auto confiança ou auto estima, depressão, crise do pânico. Ou mesmo problemas que já se instalaram fisicamente como: diabetes, ciático inflamado, entre outros.
A naturoterapia possui elementos que podem não só auxiliar o tratamento, mas também amenizar alguns sintomas proporcionando melhor qualidade de vida. Entretanto, o mais importante é que pode ajudar-lhe a entender a causa de algumas disfunções. Lembre-se sempre que o tratamento com a medicina tradicional não deve nunca ser abandonado. Graças a isto alguns chamam este tipo de tratamento de terapias complementares.

Qual o papel do naturoterapeuta?

Devemos deixar claro que o terapeuta não é um médico, nem dentro do paradigma holístico e nem legalmente, portanto não cabe a ele diagnosticar uma disfunção ou receitar um medicamento.
O terapeuta é um facilitador para encontrar a causa dos problemas, levando o cliente a uma auto reflexão e a um tratamento energético, podendo inclusive recomendar o uso de alguns produtos e recursos naturais como essências, elixir, extratos, pedras, entre outros.

Como a naturoterapia vê as doenças?

A naturoterapia vê o ser humano como um ser totalmente energético e as doenças surgem quando há um bloqueio ou acúmulo dessas energias, que podem ter infinitas causas. Podendo estar ligadas a diversos fatores como emoções, crenças, atitudes, pensamentos obsessivos, nestes casos é que surgem as doenças ou desarmonias. As doenças são um pedido do seu corpo para reavaliar-se, são como avisos, trata-se de uma oportunidade para o autoconhecimento, para rever a nossa posição perante a vida.

Quanto tempo dura um tratamento?

O tratamento é determinado pelo efeito percebido pelo paciente: cada indivíduo é único e reage no tempo necessário para o seu aprendizado, pois, como disse anteriormente, as doenças nos levam à auto avaliação.

Existem contra-indicações para a terapia holística?

Isto depende da técnica utilizada no tratamento.
Por exemplo, o Reiki não possui nenhuma contra indicação. Entretanto, em casos de aromaterapia e fitoterapia pode existir, bem como a interação com remédios alopáticos, cujo efeitos podem ser reduzidos ou potencializados, e que deve ser avaliada pelo terapeuta.